sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Sincelo/carambina

A diversidade dos nossos usos e costumes, entre os quais se incluem as diversas formas como nos expressamos é, no mínimo, admirável.
Como exemplo, as expressões: carambina, carambelo e sinceno, derivam para outras com fonética muito parecida mas com significado diverso. Exemplo disso é o sincelo, termo usado pelos nossos vizinhos nordestinos e beirões para designar o que nós chamamos de carambina e/ou candiotos.
Complicado? Não, apenas admirável.


terça-feira, 4 de outubro de 2016

terça-feira, 9 de agosto de 2016

A palha, o grão e outras coisas





Lá diz o ditado, "Bem grande é o Marão, mas não dá palha nem grão".
Bem pequeno é Pedome, mas dá palha e grão, para além de vinho, castanhas e boa gente, digo eu.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

A fonte


Embora haja em Pedome essa convicção, esta não será, porventura, a melhor e mais fresca água do mundo. Mas, nestes dias de "inferno" transmontano, com a temperatura a aproximar-se dos 40 graus, é irresistível o convite de a beber à sombra da figueira.

terça-feira, 12 de julho de 2016

Larouco


Se há montanhas que confinam o "meu" Trás-os-Montes, estas são Bornes, a nascente e o Larouco a poente.
O Larouco é um fascínio, a imagem do domínio absoluto sobre as terras do Alto Tâmega e Barroso, uma espécie de chamamento, a descrição mais genuína do pôr-do-sol.
Do seu alto tem-se uma sensação única que só a experiência pode descrever.